terça-feira, 1 de março de 2016

15 mil!!!

A dúvida que tínhamos colocado ontem acertou com as previsões.
Foram menos 15 mil que puderam estar nas bancadas a apoiar o Benfica e assistir a mais 3 pontos conquistados...que coincidiram com a redução da desvantagem para os lagartos.

Sábado é o derradeiro derby. A última hipótese de acertar o passo e terminar com a senda de derrotas esta época nos clássicos. E assim não deixar que novamente o esforço de nos aproximarmos da frente volte a ser deitado abaixo e nos volte a aumentar o terreno a recuperar!

O mister não foi em manias, e fez bem. Era previsível que Renato realmente ficasse condicionado. Resguardou-o para o caso de ser necessário a sua presença no decorrer do jogo que não estivesse resolvido, mas evitou que a equipa se prendesse com a cabeça no derby devido aos cartões.
Só Jardel não tinha alternativa e era importante em campo...e o brasileiro apenas cometeu...1 falta em todo o jogo! Suficiente para se sentir a terra a tremer naqueles segundos.

Das alterações no onze, com Nelsinho, Grimaldo e Talisca, o destaque foi para Grimaldo, que foi dos melhores em campo nesta partida. Já os outros 2 estiveram uns quantos furos abaixo do desejado.
Mesmo assim, pior mesmo só Pizzi e Samaris. O grego esteve desastrado. O tuga completamente desinspirado.

Júlio César esteve lá quando foi preciso, com uma saída da área preciosa a salvar o lance de grande perigo com o avançado a surgir isolado! Valeu golo!
Os centrais estiveram ambos muito bem, a ganhar lances pelo ar e em antecipação.
Nico não brilhou, mas os dois avançados foram uma dor de cabeça permanente para a baliza dos madeirenses...e só não enchemos a baliza contrária de golos pois foi mais um daqueles jogos em que desperdiçámos mais do que a conta devia assinalado.

Curiosamente, apesar de sistematicamente mal batidas, e no meio de tanta jogada levada até à área contrária, foi precisamente em 2 lances de bola parada que fizemos os 2 golos da partida!
5 minutos de jogo e golo logo a abrir, num livre indireto que foi mal aliviado e sobrou para Jonas encher o pé e mandar a bola lá para dentro sem hipóteses de reação!
A tranquilidade de não conseguir ultrapassar o bloqueio do União estava carimbada, restava agora procurar aumentar a vantagem de forma inteligente, mas mesmo em desvantagem, os 3 autocarros e o comboio de mercadorias que levou a que o avião não tivesse conseguido levantar voo no sábado, não arredou pé e jogou-se quase sempre em metade do meio campo do União.

Com as oportunidades a serem deixadas passar, alguma impaciência e nervosismo se passou, mas num canto que mais uma vez sobrou para um dos nossos pontas-de-lança, Mitro encheu o pé e antes que o keeper se metesse no caminho do golo, apareceu o pé do Jonas a fazer o desvio subtil para marcar mais um e aí sim meter toda a Luz a soprar as velas do 112º aniversário do Maior de Portugal!

Exibição bastante aceitável, com o jogo controlado e a gerir o resultado. Mesmo assim, bastantes falhas a corrigir durante a semana.
Os 3 pontos foram garantidos e voltámos a aproximar-nos do topo...sábado, é tempo de dizerem...chegou a hora! Vence por nós!
Dá-me o #35!

2 comentários:

  1. Anónimo1/3/16 15:10

    os batraquios verdes ,mais parecem ratos de esgoto

    ResponderEliminar
  2. Anónimo2/3/16 05:39

    Portugal é um grande cagavam sobre um pau e um povo com palhacos xenophobos, racistas e muito mais!!!

    Pa mais imformaciones visitem:

    http://portugaleumamerda.blogspot.ca/
    http://portugalisaracistcountry.blogspot.ca/

    ResponderEliminar