quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Vamos à dúzia!

O Sport Lisboa e Benfica vai realizar, no dia 9 de abril de 2017, a 12.ª Corrida Benfica António Leitão.
É já uma tradição no SL Benfica mas também no panorama do atletismo e do próprio desporto nacional. A Corrida Benfica António Leitão - que homenageia o antigo e já falecido atleta olímpico, especialista em corridas de fundo e meio-fundo - vai, este ano de 2017, para a sua décima segunda edição.
Esta será mais uma homenagem àquele que conquistou a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Los Angeles, em 1984, tendo sido o primeiro atleta do Sport Lisboa e Benfica a conquistar uma medalha olímpica.

Virar a página!

Diz o mister que não está minimamente preocupado.


Nos últimos 6 jogos...vencemos apenas 2.
Precisamente os únicos 2 em que não sofremos golos...(e metemos 9)
Nos restantes 4...sofremos 8 golos...(e metemos 6)

Estamos apurados como era objetivo para a fase seguinte da Champions...continuamos na Taça de Portugal e líderes do campeonato...mas agora com margem reduzida a 2 pontos...e daqui a 3 dias joga-se o derby do ódio lagarto...e que pode dar cambalhota na liderança...

Se esse pesadelo acontecer, será mais um derby dos tormentos de Rui Vitória, talhado que ainda não está para os jogos de rivalidades... Se esse pesadelo acontecer, será a 3ª derrota numa só semana... Se esse pesadelo acontecer, nada estará perdido...mas fdx*******!!!

Mudem a fralda! Mudem o chip! Virem a página! Mudem o rumo que isto está a levar!
DOMINGO É PRA GANHAR!!!!!

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Não deu diretamente!

Também ontem, um par de horas antes dos graúdos, os júniores do SL Benfica venceu o Nápoles por 2-0, João Félix e João Carvalho marcaram os golos. 

Este 2º lugar no grupo não deu passagem direta, mas a equipa do SL Benfica garantiu a presença no play-off da Youth League.

Força rapazes!

Dura realidade!

Ontem não fiquei nada surpreendido. Ao contrário de alguns que não tinham noção do que ambas as equipas iam apresentar em campo, mas acima de tudo ao contrário do que muitos não esperavam que acontecesse a Leste!
Ontem tinha-o dito, o Benfica iria passar aos oitavos de final da Champions, não porque conseguisse vencer os italianos na Luz, mas sim porque apostava em como seria quase impossível os turcos vencerem na Ucrânia!
Fomos a única equipa que venceu os dois jogos contra os de Kiev. E pelo que vimos os ucranianos fazer nos jogos anteriores, valiam bem mais do que os pontos que tinham, principalmente comparando com os jogos que o Besiktas tinha feito contra nós, em que foi completamente dominado e sem saber ler nem escrever empatou nos descontos e só à conta de alguma raiva pessoal se embalou pelo ambiente do seu estádio para recuperar da desvantagem de 3 golos.


Ontem na Ucrânia perderam como previ, mas logicamente não esbarraram com a dura realidade, pois meia dúzia não reflete a diferença, nem pouco mais ou menos, mas na Luz vimos um reflexo bem mais real do estado atual das coisas.
Uma equipa que troque bem a bola no ataque, consegue entrar facilmente na nossa área e causar perigo. Valeu Ederson por uma mão cheia de vezes a salvar o golo…que inevitavelmente acabou por acontecer.

Facto muito curioso…em momento algum o resultado do jogo na Ucrânia ter sido exibido nos ecrãs gigantes do Estádio da Luz! Enquanto como habitualmente os resultados iam sendo acompanhados golo a golo…os que influenciavam a classificação do grupo em campo…foi sempre escondidos, não querendo afetar as equipas em campo, obviamente.

Mas o intervalo foi sem dúvida alguma decisivo. Depois de uma primeira parte em que as equipas se equilibraram, tendo o Benfica apenas uma oportunidade flagrante de golo numa pressão feita (dupla) pelo Raúl em que a bola sobra para o Guedes que falha isolado com o Reina…notou-se que nos balneários as equipas tiveram conhecimento do que se passava na Ucrânia, onde os de Kiev venciam por 4-0 e jogavam contra 10.
E isso…descomprimiu as equipas. Começaram a ver-se mais toques de habilidade, e também as defesas relaxaram. Só que o Nápoles mais solto a jogar…foi fatal e aproveitou duas das várias ocasiões que lhes oferecemos para marcar...talvez inspirados por alguma promessa... (eheheheh)

O mister optou por apenas fazer uma alteração no onze, com a entrada de Raúl, que só ainda não conseguiu voltar a ser decisivo, dado que os golos que tem conseguido marcar não têm feito a diferença como na época passada. Não quis revezar alguns jogadores que têm estado mais apagados ultimamente e agora que temos mais opções disponíveis julgo que seria importante fazer isso, dado que a equipa se tem ressentido por exemplo da desinspiração de Salvio e também de Guedes (que após ter sido crucial na fase que surpreendeu as equipas contrárias com a sua frescura física e mobilidade tática, agora tem andado por baixo).

A juntar a isso temos uma baixa que (finalmente e infelizmente) tem sido muito sentida na equipa. Sem Grimaldo a equipa começou a perder muito do que vinha a mostrar, é claramente a lesão que mais tem tido reflexo na forma da equipa. E depois sem Eliseu acabou por também o acusar.
Para além desta ausência de peso, acima de tudo, a equipa uma vez mais começa a ser construída de trás! Foi quando Luisão voltou ao onze que a equipa serenou e começou a conseguir praticar melhor futebol, tendo dado experiência e voz de patrão na defesa…mas agora todos o insultam já novamente como no arranque da temporada…porque olhar para a dura realidade de que o Lindelof não está no seu melhor momento e perde demasiados lances pelo ar, em antecipação e em velocidade…custa…dado que é um jovem talentoso, com grande margem de progressão e milhões à espreita.
Infelizmente a equipa está em primeiro lugar, e repito que não só ontem como domingo espero ver Lisandro no onze titular ao lado do Capitão. As bolas paradas farão diferença e o argentino tem sempre muita influência nessas ações.

Foi uma dura realidade face ao que estava a acontecer, mas custou encaixar o primeiro golo precisamente no lance seguinte à melhor jogada que o Benfica fez em toda a partida e que só não deu golo porque Raúl e Rafa (que tinha entrado mais o Carrillo para agitar as águas) se atrapalharam na área um ao outro. O segundo golo dos italianos foi uma grande jogada. E aí só se esperava que o Topo Sul fizesse levantar o estádio com o “Eu Amo o Benfica”! Porque Domingo é para ganhar!
Demorou, mas aconteceu…já eu estava rouco de tanto gritar e foi quando precisamente estava todo o estádio em uníssono…que Raúl rouba a bola ao outro Raúl contrário e isolado na cara do Reina reduz a desvantagem.
Ainda se esperou algo mais naqueles minutos finais…mas o apito final chegou quando Rafa em vez de cruzar rapidamente para a área…resolve passar para trás…                          


Mal acabou o jogo contei os pontos. Constatei com o resto da malta que já ficámos pelo caminho com 10 pontos…e desta vez passámos com 8, reflexo precisamente do que tinha ficado visível no dia do sorteio: o grupo era bastante equilibrado e podia dar para qualquer lado. Só vencemos 2 jogos, precisamente contra a mesma equipa. Perdemos 2 jogos, precisamente contra a mesma equipa. Empatámos 2 jogos, precisamente contra a mesma equipa. Talvez tenha sido também algo inédito, parece que formatámos a cabeça para um objetivo focado e mentalizado para cada adversário. Serviços mínimos, bastaram.

Chegar a casa e ouvir da esposa que tinha acabado de aterrar no aeroporto de Lisboa: “Credo, estás tão rouco outra vez…mas tu não disseste que este jogo não era motivo para muitos nervos…??!”
Pois…aconteceu Benfica… Seja onde for!

Termino com os comentários dos muitos estrangeiros que foram ontem à Luz e estavam em nossa volta, equipados à Benfica e com caras pintadas para assistir a este espetáculo (sim, pois a dimensão do Benfica tem disto, é uma atração turística) e comentavam tudo o que se passava, apreciando o futebol, as bancadas, tudo. E o que mais se ouviu da boca deles…foi a grande surpresa…mas dura realidade…que num jogo destes…é estranho ter o piso 3 do topo norte com tanta cadeira vazia…56 mil é bom…mas não imaginam como estavam escandalizados por não estarem lá os 65 mil! Pois independentemente do resultado, um jogo, um estádio, uma equipa como o Benfica…exige sempre o máximo!

Domingo é para ganhar! Resta saber qual a atitude e força com a equipa vai jogar!

Só faltam saber dois!

Garantida a passagem aos oitavos de final da Liga dos Campeões, o Benfica já tem definido que vai encontrar um dos sete primeiros classificados dos restantes grupos.

Certos nesse lote estão já Barcelona, Arsenal, Atlético Madrid, Mónaco e Leicester. Faltam definir dois, entre Juventus/Sevilha e Dortmund/Real Madrid.

Estabelecido está que o Benfica jogará primeiro em casa, a 14/15 ou 21/22 de fevereiro de 2017.

O sorteio está marcado para a próxima segunda-feira, dia 12, a partir das 11 horas. 

Fizemos História! Primeira vez dois anos seguindos nos Oitavos da Liga dos Campeões!!!
O BENFICA É O MAIOR DO MUNDO! Quem vier, morre!
todos borrados e a rezar para não apanhar o Tricampeão Nacional...
Grande equipa! Estamos imparáveis! Ninguém pára o Benfica!
O céu é o limite! Grande jogo! Fomos roubados! Resultado injusto! Craques de 60 milhões! Até o Almeidinhos vale ouro!
Tudo a saltaaaaaarrrrrrrrrrr!!!!!!!!!

Pronto, agora que já merece o aval e consentimento dos verdadeiros Benfiquistas...podemos falar de bola?... Ou se calhar é melhor não...

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Calculadora

As contas europeias são simples. Benfica apura-se para os oitavos de final da Champions se:

- Vencer o Nápoles (é a única forma de garantir, também, o primeiro lugar);

- Se o Besiktas não ganhar ao Dínamo Kiev, independentemente do resultado que as águias façam diante do Nápoles. Mesmo que terminem em igualdade pontual, o que pode suceder se o Benfica perder e o Besiktas empatar, os encarnados têm vantagem no confronto direto (1-1 em Lisboa e 3-3 em Istambul).

De referir que o Nápoles, apesar de estar em primeiro neste momento, pode cair para a Liga Europa. Isto acontecerá se perder na Luz e o Besiktas ganhar, passando Benfica e Besiktas à próxima fase. Aos italianos basta um empate diante dos encarnados para seguirem em frente, mas se quiserem ser primeiros sem ter de depender do Besiktas então terão de bater os comandados de Rui Vitória.

A margem...de leste!

Hoje acredito que vamos fazer um bom jogo.
E acredito que até vamos ser mais eficazes do que aconteceu na Madeira.
Com isto não quero dizer que acredito que a vitória seja fácil.
Prevejo que seja taco a taco...com mais do que 1 golo...mas a grande decisão será na Ucrânia, onde não acredito que os turcos consigam vencer. Será também de ouvidos no rádio a jogar com a margem de erro vinda de Leste que certamente e inevitavelmente muitos irão estar.

Há jogadores a precisar de ser revezados com mais fluidez.
E para hoje o onze seria:

Júlio; Nelson, Luisão, Lisandro, A.Almeida
Fejsa, Samaris; Carrillo, Cervi
Rafa e Raúl

Do banco: Pizzi, Salvio e Guedes

Mais do que a passagem...está em jogo uma motivação...que não pode cair mais até ao Natal...