quarta-feira, 14 de novembro de 2018

terça-feira, 13 de novembro de 2018

Não se magoem

Depois do jogo frente ao Tondela, segue-se nova paragem no calendário competitivo para compromissos das seleções. O Benfica vê 13 dos seus jogadores partirem para defender os respetivos países. E até seriam 14, se Salvio não tivesse sido dispensado da preparação da Argentina, devido a lesão.

Seferovic (Suíça), Fejsa Zivkovic (Sérvia), Cervi (Argentina), Rúben DiasPizzi e Rafa(Portugal), Castillo (Chile), Gedson, Yuri Ribeiro e João Félix (Sub-21 de Portugal) e Odysseas Samaris (Grécia) são os benfiquistas convocados para disputar jogos oficiais e/ou particulares na agenda das diferentes seleções.
Cervi continua a ser aposta de Lionel Scaloni, que incluiu o camisola 11 na lista para o duplo compromisso amigável frente ao México. Os dois países defrontam-se a 16 de novembro, em Córdoba, e quatro dias depois em Mendoza, também na Argentina.
Na Suíça, sem grande surpresa, Seferovic confirma o bom momento e volta a ser uma das escolhas de Petkovic para o encontro amigável com o Catar (14 de novembro, às 18h00) e para o desafio com a Bélgica (dia 18, às 19h45), referente ao Grupo 2 da Liga A da Liga das Nações, ambos em solo suíço.
Fejsa regressou aos convocados da Sérvia, o que significa que é opção para o duplo compromisso da Liga das Nações (Grupo 4, Liga C) frente a Montenegro e Lituânia, a 17 e 20 novembro, respetivamente. O médio do Benfica junta-se a Zivkovic, que está também entre os eleitos do selecionador Mladen Krstajic.
No que concerne aos portugueses, Rúben Dias, Pizzi Rafa apresentam-se nesta segunda-feira às ordens de Fernando Santos na concentração da Seleção Nacional A, para os jogos com Itália (dia 17) e Polónia (dia 20) no Grupo 3 da Liga das Nações.
No escalão abaixo, os Sub-21, Gedson, Yuri Ribeiro João Félix estarão às ordens de Rui Jorge para o duplo compromisso com a Polónia para o play-off de acesso ao Campeonato da Europa 2019. O primeiro desafio está marcado para as 17h00 do dia 16 de novembro, em Zabrze, enquanto o segundo se joga em Guimarães a 20 de novembro.
Na seleção da Grécia, uma estreia absoluta e um regresso. Odysseas Samaris foram convocados pelo selecionador Angelos Anastasiadis para os jogos com a Finlândia e a Estónia, relativos à Liga das Nações, marcados respetivamente para os dias 15 e 18 de novembro.
O Chile conta com Castillo para os dois jogos amigáveis frente à Costa Rica (17 de novembro) e às Honduras (21 de novembro).

Boa sorte...voltem rápido que queremos é ver o Benfica a jogar...e não se magoem!

segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Coisas fáceis e difíceis de entender

Fácil de entender:
- Nos 4 jogos que foi titular, o Pistolas marcou sempre! 4 golos em 4 jogos a titular! Parece fácil de entender porque nos custou tanto a aceitar aquela tarde em que esteve por um fio de sair do Benfica. Naquele dia disse para quem me viu com ar carregado: "Esteja velho ou esteja lesionado, jogue a época toda ou meia temporada, será sempre o nosso melhor avançado e vai marcar tantos ou mais golos que os outros todos juntos. Isso não tem preço."
- O Benfica é muito superior ao Tondela. E jogando mais de meia hora com mais jogadores em campo, venceu. Nada de invulgar. Nada surpreendente.
- Até debaixo de uma enorme carga de água o Benfica levou uma enchente ao estádio. E não era barato. É o Benfica, fácil de entender.
- Os lagartos estavam à rasca mesmo a jogar com mais um em campo e ia haver motim na pildra com tantos que lá estão enfiados, e ainda haveria mais inundações do que as chuvadas causaram por tanta choradeira se não se inventasse uma forma ridícula de falsear a pontuação e empurrassem a bola para dentro da baliza com um penalty fantasma perto dos 90 minutos. Nada de novo.

Difícil de entender:
- Seja qual a equipa que for, conseguem criar imensas oportunidades de golo e chegar à nossa baliza. Ontem, o Tondela teve 4 oportunidades de golo flagrantes. 2 enquanto estavam 11 jogadores para cada lado, com uma concretizada e outra desperdiçada por ambas as equipas. Outras 2 quando nós já estávamos em superioridade numérica por expulsão do defesa do Tondela, com ambas concretizadas para o SLB e ambas desperdiçadas pela equipa da casa. Exatamente as mesmas 4 que o Benfica. Como é que somos tão permeáveis? A diferença foi que conseguimos ser mais eficazes...quando jogávamos com mais 1 em campo.
- Com os casos de ameaças de castigos, ainda há quem tenha a mente iluminada para resolver atirar tochas para dentro do relvado por 2 vezes durante a partida e interromper o jogo. Depois admiram-se.
- A famosa jogada de pontapé de saída do RV foi adotada pelo Tondela. A diferença é que estes anos todos nunca resultou no Benfica e no Tondela conseguiram manter a posse de bola em 3 disputas seguidas no lance e ainda arrancar para abrir o marcador aos 40 segundos de jogo.
- Depois deste jogo ainda estou à espera de ouvir as declarações do menino Grimaldo a dizer que ainda não entendeu o motivo pelo qual os adversários já preferem muito mais atacar pelo lado dele em vez de procurar criar perigo pelo lado do...André Almeida. Eu também ainda não entendi...mas a verdade é que resulta bastante e por sorte só entrou um deles.

domingo, 11 de novembro de 2018

Que música vai tocar?

Entramos com menos 7 pontos em campo face à liderança que era nossa há 2 semanas.

Depois de ignorados todos os sinais de necessária mudança...é como estamos que seja como for teremos de trazer os 3 pontos de Tondela, toque a música que tocar...caia a água que cair.

Salvio ficou em recuperação. Jonas foi convocado mas talvez à condição. Sem Jardel castigado, nem Lema nem Corchia nem Ferro nem Yuri. Foram os 4 defesas que vão jogar. E na frente o melhor avançado para poder compensar Jonas continua a não viajar.

Bolas paradas. Hoje podem ser decisivas.

LISTA DE CONVOCADOS
Guarda-redes: Svilar, Bruno Varela e Odysseas;

Defesas: Conti, Grimaldo, Rúben Dias e André Almeida;

Médios: Fejsa, Gabriel, Cervi, Alfa Semedo, Zivkovic, Krovinovic, Pizzi, Samaris, Rafa, João Félix e Gedson;

Avançados: Jonas, Seferovic e Castillo.

BOLETIM CLÍNICO

Salvio: entorse no tornozelo esquerdo;

Tyronne: status pós-cirurgia a rotura do ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo.

sábado, 10 de novembro de 2018

Modalidades, entre a excelência e a surpresa.

O Glorioso esteve hoje em campo em diversas modalidades, mas nem tudo foi perfeito.

Foi até à Madeira vencer o CAB por 89-69, numa partida a contar para a 4.ª jornada Liga Portuguesa de Basquetebol. Mantém a invencibilidade no campeonato, numa partida em que José Silva (17 pontos) e Micah Downs (16) foram os melhores marcadores.

Foi derrotado pelo HC Braga, por 3-6, em jogo da 5.ª jornada do campeonato de hóquei em patins. Depois das vitórias sobre o FêCêPê e Oliveirense, e empate na casa dos lagartos, é no mínimo inesperada esta derrota.

Venceu hoje o ABC, no Pavilhão da Luz, por 32-26, em jogo a contar para a 9.ª jornada do campeonato nacional de andebol. Ao intervalo, já vencia por 17-13 e teve em Nuno Pereira, com oito golos apontados, o jogador em maior destaque. Mantemos a liderança, com 28 pontos (10 jogos disputados), contra 25 do FC Porto (9 jogos) e 22 do Sporting (8 jogos). 

Manteve hoje o estatuto de única equipa só com vitórias no campeonato nacional de voleibol, triunfando na Luz sobre o VC Viana por 3-0 (25-17, 25-13 e 25-18) em jogo da 8.ª jornada. Apesar de invicto o Glorioso está atrás do Sporting, que tem mais um jogo disputado.

sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Mais uma jogada de bastidores sujos!

Nove clubes da Liga Placard e quatro associações reuniram-se ontem em Fátima para analisar o pedido das Osgas para entrar no primeiro escalão do basquetebol nacional na próxima época e aprovaram a intenção dos calimeros lagartos.

Assim, na presente temporada, a priori, descerá uma equipa e será promovida outra, com a Liga a ser alargada para 14 clubes. 

E mais uma vez a lagartagem consegue abusar de nova jogada de bastidores sujos para contornar as regras e parecer que é mais do que os outros que não precisam de merecer para lá chegar.
Vergonhoso!

quinta-feira, 8 de novembro de 2018

Não entende? Ele não entende?

Por acaso o menino Grimaldo viu o jogo com o Moreirense, mais concretamente a exibição que pessoalmente o menino Grimaldo fez....e com especial atenção para o que (não) fez nos 3 golos do Moreirense?!
Nos 3, não foi num ou dois...foram os 3 golos com total apatia e passividade do menino Grimaldo.
E por ser o jogador que é, mesmo assim tem tido crédito, mas tem obrigação e mais responsabilidade devia ter e noção do que têm mostrado em campo em vez de dizer disparates.
Devias era dizer que não entendes porque continuamos a receber o ordenado para jogar à bola se não fazemos por o merecer e jogamos cada vez menos.

Foi azar. Porque se a bola no último segundo tivesse entrado éramos os maiores e tínhamos merecido a vitória...e fingíamos todos que não fizemos uma única jogada de futebol em toda a partida, que sempre que o Ajax quis trocar a bola ficámos a ver jogar e durante 70% do jogo não conseguimos sair do nosso meio campo com a bola.
Está tudo bem. O problema foi no final do jogo, após o apito final (sim, pois durante todo o jogo não houve apupos e tiveram o apoio de 50 mil nas bancadas para o que deviam fazer e para o qual vos pagam para ir ver) ter havido adeptos que não estavam contentes. Foi isso.