sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Está na moda

O que se passa com os actuais campeões nacionais dos principais países da UEFA?
Portugal - BENFICA (a 5 pontos do líder FC fruta)
Espanha - REAL (a 7 pontos do líder Barcelona)
França - MÓNACO (a 3 pontos do líder PSG)
Inglaterra - CHELSEA (a 3 pontos do Man. City)
Alemanha - BAYERN (a 1 ponto do B. Dortmund)
Suiça - BASEL (a 6 pontos do Young Boys)
Rússia - SP. MOSCOVO (a 11 pontos do Zenit)
Bélgica - ANDERLECHT (a 9 pontos do C. Brugge)
Grécia - OLYMPIAKOS (a 2 pontos do AEK)
Campeões na liderança:
Itália - Juventus (empatado com Nápoles)
Turquia - Besiktas (empatado com Galatasaray)
Holanda - Feynoord (empatado com AZ Alkmaar)
Ucrânia - Shaktar (empatado com D. Kiev)

inTardeDesportiva

Venham os búlgaros

O Benfica conseguiu ontem confirmar o apuramento para a segunda eliminatória da Liga dos Campeões de basquetebol, ao vencer na Luz os austríacos do Lapfenberg, por 67-62.
Depois da vantagem de 3 pontos conseguida na 1ª mão, o intervalo equilibrava as contas, com os visitantes a vencer por 33-36, mas na fase final o campeão nacional foi mais forte e acabou por conquistar nova vitória.
Os búlgaros do Lukoil Academic são o próximo adversário do Benfica, em nova eliminatória disputada a duas ‘mãos’ com jogos marcados para 24 e 26 de setembro. 

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Cromos de caderneta?! Perfeitamente admissível!

Resultado enganador. Fomos competentes no que fizemos e temos de tirar boas conclusões. Merecíamos ganhar. Estamos a trabalhar bem e sabemos que apesar de não estarmos satisfeitos é um tudo perfeitamente admissível e dentro das margens de erro que planeámos para esta época. Crise têm os outros que não ganham há bué! Ou então…é uma vergonha! Parecem os anos 90 ou pior?!...
Calma, o problema estava identificado pelas bancadas da Luz. A culpa era o Lisandro (que só falta comparar com o Edcarlos). Como só meter o rapaz no banco não foi suficiente…desta vez nem nos convocados entrou. Problema resolvido…ou afinal não… Tentativa e erro, lá hão-de chegar…se não for tarde demais.

Já o disse, o problema não está num jogador. Não está no guarda-redes inexperiente (que não é Ederson mas também não é Bossio), não está nas limitações técnicas do Almeidinhos, não está na descoordenação deste ou daquele defesa, não está na ineficácia de um atacante em particular. Nem mesmo na patética personagem que ali anda no meio campo.
Está na ideia de jogo completamente atrofiada e descompensada que (não) foi (devidamente) planeada. E quando a isso se junta uma preparação física deplorável que deixa jogadores a arrastarem-se em campo (sendo obviamente Pizzi e Jonas os mais decadentes em que se nota e se sente na equipa essa diferença) e uma catrefada deles com lugar cativo na enfermaria…dá mer**!
Ninguém se entende nem sabe o que é suposto fazer. Trabalho de casa parece um sudoku que tem as soluções no rodapé e mesmo assim há quem se engane. Bolas paradas não há uma que pareça ter sido ensaiada com tanto especialista que há para bater. Controlo e organização é de top…em que até o Varela se mete junto à linha a dar indicações para dentro de campo!
Quando a construção de jogo passava por corrida desenfreada e tabelinhas  para desmarcação pelo flanco direito graças a Nélson Semedo, equilibradas devidamente pela esquerda com a presença de Cervi e protegidas pelo pulmão e imponência de Fejsa que libertava Pizzi para pensar o jogo…de repente a equipa mudou radicalmente a sua forma de jogar, para deixar de saber jogar.
A dupla de Centrais errou o mesmo que teria errado Lisandro ou Luisão. Um dos erros deu golo, o outro defendeu o Júlio e outros ficaram pelo susto. O Jardel deve recuperar a titularidade, o Ruben já será mais de desconfiar, mas mesmo assim mostrou que é opção muito semelhante a Lindelof. Não é um Centralão do outro mundo e ainda pouco acutilante nas bolas ofensivas, tal como o sueco (mesmo que para isso ache que subir os calções e arregaçar as mangas mete medo aos defesas contrários). Mas também já têm reservada para ele uma afinidade com Nuno Abreu, José Soares ou Geraldo.
Almeida não é Nélson (mas também não é Okunowo ou Cabral). E disso não tem culpa. Mas o ala, desta vez foi Gabriel e depois Zivkovic assim continuou enquanto esteve na direita, passou a constantemente estar parado junto da lateral para receber e parar a jogada, virando para o meio e para…trás. Começa tudo outra vez. De preferência chegando a bola ao Central ou mesmo…ao Keeper.
Por falar em Gabriel e Zivkovic, quando na verdade era o reforço que chegou emprestado do Inter quem mais agitava o ataque…acaba substituído…por Zivkovic, jogador que tanta tesão dá a tudo e todos por ter uma técnica acima da média que consegue fazer com que 1 em cada 10 cruzamentos saia certinho para um companheiro fazer o golo. Pena que ontem não tenha chegado aos 10 cruzamentos…e lamentavelmente ficou-se por 7 ou 8 que pareciam ter saído dos pés do Luís Carlos ou do Porfírio (que poucos se lembram como eram ao achar que estamos quase de volta a esse tempo). Foi curto. Mas a culpa também não é dele, pois entrou tarde e para o lado errado, em vez de ter rendido o Rafa na esquerda, acabou por sacrificar o Gabriel (que pouco falta para já ter Leônidas ou Mawete no apelido) que até era quem estava melhor, ficando na direita até à entrada de Pizzi que se encostou na direita onde já nem se lembra como se sente.
Cervi vá-se lá perceber porquê…não joga. Se calhar está ao nível do Uribe ou do Pembridge, por isso estamos tramados. Vencemos 5 dos 6 jogos em que foi titular. Passou para o banco e não ganhámos nenhum dos 3 em que não foi utilizado. É de longe um dos jogadores mais importantes para a equipa funcionar. Não se percebeu porque não entrou na Champions, não se entendeu porque não jogou no Bessa…e ontem então é inacreditável como a equipa precisava dele em campo na 2ª parte e voltou a ficar sentado.
Rafa lá anda, perdido, desorientado, descoordenado, sempre mal utilizado… No único lance que surgiu à medida das suas características, desperdiçou de tal forma que claramente o afetou para o resto da partida. É um jogador que não se entende e acima de tudo que o treinador não entende. E por isso deste lado ninguém entende (e custa-me ainda mais lembrar que durante toda a novela da transferência andei sempre na esperança de que fosse desviado) como custou e porque custou o que custou. Quiseram queimar e criticar o Carrillo na bancada…não fazia falta…está tudo a dar certo, então. Se calhar era um Carlitos ou um Nandinho que fazia falta.
Na frente, fizeram um par de jogadas de futebol. E curiosamente a equipa terminou…como provavelmente poderá passar a começar…quando o Salvio não estiver apto para jogar. Krovinovic era quem mais tinha curiosidade de ver jogar. É a mais recente tesão de mijo da bancada. Que venha a ser mais do que isso. Se na primeira parte andou trapalhão, sem passes de desequilíbrio, a perder posse de bola e muita cara na relva...após a saída do Pogba Augusto lá lhe disseram para recuar no terreno e pegar na bola com a cabeça levantada. Tinha com isso uma dificuldade acrescida, que era lembrar-se de fechar e acompanhar os médios do Braga, mas como já praticamente os minhotos só procuravam o contra-ataque, e o Samaris estava a dar conta do meio campo defensivo, isso facilitou a vida do miúdo, que melhorou bastante naquele período. Ainda assim, ejaculação demasiado precoce para estarem já a meter o 10 nas costas, características que pode ter, quando nem a 8 se justifica por enquanto, que são as qualidades que nesta altura mais precisará de ter quando querem que se crie um misto de Enzo com Valdo. Não será um Chano nem um Bruno Caires, mas rapidamente o conseguem ver dessa forma se aquilo não começar a resultar. Com ele ali, e Fejsa nas costas, pode o Pizzi encostar à direita, combinando e alternando com ele e libertando uma ala esquerda mais criativa e veloz. Fica a faltar o lateral direito que encha as costas na lateral. Mas como o Salvio vai regressar…esse será sempre o plano B.
Nota mais positiva para Raúl. Claramente justificava ter sido titular na Champions e ontem voltou a fazer pela vida. Merecia que para além do golo…aquele excelente trabalho que amorteceu a bola para o Jonas disparar…não tivesse recebido a única e excelente defesa do keeper que por cá não ficou e evitou o golo nos descontos.

E depois anda para ali um gajo que não joga um chavelho, esse sim um verdadeiro cromo de caderneta que parece uma ovelha tresmalhada a correr com o cio. Ao espelho parece o Pogba a querer ser o Matic. Mas faz o Paulo Almeida, o Jamir, o Bruno Aguiar e o Machairidis desejarem não ter de entrar em campo ao lado dele. Aquele a quem num jogo bastou ter acertado 2 passes para de repente já acharem que merecia entrar no balneário sequer e podia despachar o Samaris e quem mais houvesse para qualquer posição pois estava ali um cracalhão. 60% do estádio estava a aplaudir (sim, muitos de felicidade, não de elogio). 30% do estádio estava calado. 10% terá assobiado. Até podiam ter assobiado 100%, mas aquela atitude de desrespeito que teve ao ser substituído, atitude que ainda por cima, em vez de ter merecido uma chamada de atenção por parte do capitão (não é um raspanete, é uma chamada de atenção para corrigir a atitude), não se admite! Se voltar a entrar em campo, que seja para meter um golo contra os lagartos, caso contrário nem vale a pena tomar duche, pois nem qualidade nem mentalidade tem para jogar no Benfica!
As coisas não estão bem. Sente-se que nem dentro nem fora de campo. Até a Estrutura do crl anda a abanar e com tanta coisa estranha que cheira mal. Estamos naquela fase em que quase que a equipa prefere jogar fora do que na Luz, pois está tudo em brasa…mas não se pode queixar de falta de apoio que até acabou por ser das noites mais fortes do topo sul ultimamente. Só que vemos que tudo corre mal e por muitos gritos de guerra que queiram mostrar para as câmaras…vemos a falta de pulso em campo e jogadores como Samaris e Jonas a perder as estribeiras…
Mais uma noite mal dormida. E conseguir explicar à família porque é que fui à Luz, num dia de semana tão tarde, para chegar à meia noite a casa, num jogo da Taça da Liga, numa fase de resultados e exibições como a que estamos a ver…e ainda por cima estando com o pé ligado graças a uma entorse que mal me permitia meter o pé no chão, forçando a dose redobrada de comprimido para aguentar as dores durante a longa caminhada de 3km até à Catedral…sem ter bilhete na mão e ainda ir para a bilheteira safar-me antes da partida começar! Não tá fácil. Ao menos não choveu...
Ah, e o se o Campeão Espanhol e Campeão Europeu está a 7 pontos da liderança à 5ª jornada…não há que estranhar esta fase do Tetracampeão Nacional! Tranquilo. Sabemos o que estamos a fazer e isto lá há-de passar como diz o mister. Pronto, aguenta… Vai passar. Vai passar.
Que comece rápido a música da Frozen que é a preferida do SrArquiteto, para podermos dizer..."já passou, já passou"!!!
Sábado há mais! Na Luz às 20h30. E lá vamos ter de arranjar forma de fugir de uma festa e jantar de aniversário de família…porque joga…o Benfica!
Mas já agora...como joga o Benfica...e isto é a nossa vida...JOGUEM À BENFICA!!!!!!!!!

É que se mesmo quando tínhamos a caderneta de cromos raros bem cheia, nós acreditávamos e exigíamos isso com uma equipa de tostões...imaginem agora com gente que vale e custa...milhões!

O avião espera...

A Liga oficializou esta quarta-feira a alteração do horário dos jogos da oitava jornada marcados para 1 de outubro, dia das eleições autárquicas.
Depois de conhecido o adiamento do amigável entre compadrio dragarto, inicialmente agendado para as 18 horas, para as 19h45, a Liga anunciou esta quarta-feira as mudanças que se referem aos outros dois jogos marcados para o dia das eleições.
Assim sendo, o Marítimo-Benfica, que começaria às 20h15, passa a ter início marcado para as 21h30, o mesma hora a que começará o Belenenses-V. Guimarães.
Sobre o estado de calamidade...já lá vamos...

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

É apostar tudo nesta!

Douglas continua sabe-se lá onde. Chrien também nem para aqui é chamado. João Carvalho e principalmente Diogo Gonçalves não entram para as contas.

Se já deram como perdido o Campeonato e a Champions...ora muito bem...é apostar tudo nesta!

Guarda-redes: Júlio César, Bruno Varela;
Defesas: André Almeida, Luisão, Jardel, Rúben Dias, Grimaldo e Eliseu;
Médios: Fejsa, Samaris, Filipe Augusto, Krovinovic, Pizzi, Cervi, Rafa e Zivkovic;
Avançados: Jonas, Seferovic, Raúl e Gabriel.


Júlio;
Almeida, Ruben, Luisão, Eliseu
Samaris, Krovinovic; Rafa, Cervi
Raúl e Gabriel

Quem me tira a Taça da Liga, tira-me tudo...

Às 21h15, na Luz! Até logo.

Oportunidade

"É natural que haja aqui ou ali mudanças, mas sempre numa perspetiva daqueles que são os jogadores que poderão dar melhor resposta. Relativamente a nós, temos vários jogadores que estão a trabalhar muito bem e outros que esperam uma oportunidade. Logo veremos. Tem, sobretudo, a ver fundamentalmente com os jogadores que poderão estar em melhores condições para o onze base"

Oportunidade. Oportunidade para jogadores e também para equipa técnica perceber que há mudanças a ter de fazer.

Varela não é o culpado do mau momento. Que ele não é especialista em agarrar bolas já se tinha alertado que era o ponto fraco, logo seguido de interceção de cruzamentos. Tem bons reflexos, sai bem e até tem feito bom trabalho. Foi muito infeliz ainda por cima custando pontos.

A verdade é que, nesta fase, com a fraca defesa e principalmente meio campo defensivo que temos, na baliza faz mais falta uma voz de comando que aqueça as orelhas dos defesas do que um jovem que precisa que o Capitão lhe dê a mão para se levantar do chão. E disso ele até nem tem culpa.

Hoje o Júlio volta à baliza e a ver vamos se por lá não ficará. Depende claramente das condições físicas em que se apresenta.

Na direita não se compreende para que raio foram buscar o refugo ao Barcelona se é para substituir o Taarabt. Gozaram tanto com os reformados do Real e do Barça que os lagartos foram buscar...e afinal...esses estão em altas e por cá é que só temos aleijados e mal enrascados...

Dizem que Jardel e Fejsa estarão perto do regresso...e como a equipa precisa deles...
Para o lugar de Salvio, o substituto direto está em Inglaterra...e Rafa é cada vez mais um maço de notas que alguém anda a fumar, pois o treinador não tem conseguido tirar partido das características do rapaz...
Resta saber o que fazer com Pizzi, que carrega a equipa às costas...enquanto pode...e nesta altura não pode... Tantos criticaram e questionaram porque raio alguém aqui sugeriu que o Bruno Fernandes seria uma boa compra, tendo nós craques como Krovinovic e Chrien e Augusto e Horta que o iriam tapar cá...e afinal...
Hoje, pelo menos o Krovinovic espero ver em campo...enquanto o Horta está...do outro lado.

1ª mão na frente

O Benfica venceu esta terça-feira o Kapfenberg Bulls, na Áustria, por 75-72, partida referente à 1.ª mão da primeira pré-eliminatória da Liga dos Campeões da FIBA.

Pertenceu ao norte-americano Jesse Sanders, no último suspiro do encontro, o triplo que garantiu a vitória das águias.

Ao intervalo, a equipa comandada por José Ricardo Rodrigues vencia por 38-24.

O jogo da segunda mão está marcado para quinta-feira, às 21 horas, na Luz.

Vitória importante mas também importante perceber como deixámos fugir vantagem confortável a meia dúzia de minutos do fim que teria dado mais margem para respirar.