sábado, 12 de outubro de 2019

Actualidade

Não costumo (nem gosto) de falar do rival do outro lado da segunda circular, mas este post d'"A Mão de Vata" está simplesmente divinal. Partilho para regalo dos nossos leitores. Obrigado Mão de Vata!


"Desde que nasci que o Meu Clube era o SLBenfica. A partir de ontem, o Meu Clube passou a ser o SportingCP. Pago impostos; os meus impostos pagam o buraco do Novo Banco; o Novo Banco paga o buraco do SportingCP, logo, aquela merda é minha. SportingCP é agora Sporting Clube do Pedro. Aqueles leões de duas bossas que andam sempre com o E-Toupeira na boca, como se andassem a fazer sexo oral permanente, agora não têm nada a dizer acerca da batota de viver com o dinheiro dos contribuintes e de jogarem com atletas que só pagam depois do desgraçado que está a arder com o dinheiro da transferência, pedir a insolvência da Vila Miséria de Alvalade.
O silêncio daquela cáfila só prova que são o clube das elites e dos enfezados que não falam de boca cheia. Isso ou têm a boca tão rebentada do escorbuto originado pela falta de vitamina T (de títulos), que até vergonha têm de abrir aquelas matracas fedorentas. Fazem lembrar as outras meretrizes nortenhas que com eles dividem cama, que andam há anos a lutar por títulos, em absoluto incumprimento das regras financeiras, conforme descoberto pela rapaziada da UEFA. Tudo gente séria na Casa às Riscas.
Uma vez que a agremiação dos Viscondes agora me pertence e visto eu ter sido habituado pela minha antiga filiação Gloriosa a Clubes a sério, vou aproveitar as minhas primeiras horas como Dono Daquilo Tudo, para informar os consócios e/ou contribuintes fiscais das alterações a fazer no imediato, a fim de evitar a descida de divisão deste protótipo de clube:
1. Demolir o Estádio de Alvalade - vamos ser sérios: qualquer pessoa com dois dedos de testa vê que aquilo é feio que dói. Os únicos que acham o edifício lindo, são os portadores de bilhetes para os lugares atrás dos ecrãs gigantes. De certeza que o esboço disto foi feito aos solavancos nas costas da menina da Kookai. É mandar abaixo e aproveitar a relva seca para alimentar 3 manadas de elefantes africanos.
2. Demitir Frederico Varandas - não sou nenhum Sousa Cintra nem pertenço à Juve Leo. Portanto, não coloco em causa a capacidade do homem para gerir o Meu Clube. Simplesmente, neste lado da Segunda Circular chegamos a um ponto em que um médico já nada pode fazer. Ou se elege um padre para dar a extrema unção nisto, ou esperam-se 2 meses e mete-se um médico legista no poleiro. Por enquanto voto Melícias.
3. Mudar cor e emblema - ninguém no seu perfeito juízo consegue sair à rua com uma camisola às riscas verdes e brancas. Está tudo errado naquilo, inclusive o leão ao peito. Parecem pólos da Lacoste contrabandeados da China para vender na feira com marca "Leãocoste". Assim, o Sporting Clube do Pedro vai equipar: de amarelo, em homenagem aos bananas do Sporting Clube de Portugal que nem com perdões milionários conseguem discutir títulos; aos quadradinhos, que é como esta gente que faz acordos de 100 milhões de euros de perdão devia ver o sol; o símbolo vai ser um dodô, porque uma ave extinta é o que melhor exemplifica um clube de totós extinto.
4. Acabar com a Juve Leo - metade deles já estão no xilindró. A outra metade desaparece quando a "Casinha" for abaixo juntamente com a restante estrutura em betão armado e azulejo que a suporta. Têm duas horas para sacar de lá a droga toda que conseguirem, mas não vale a pena levarem material alusivo ao Sporting, porque se tiverem estado atentos ao que escrevi anteriormente, já mudamos de cor, de camisolas e de símbolo.
5. Reclamar 22 títulos de Campeão - já diz o provérbio "em Roma sê romano". Neste caso, "em Alvalade sê idiota". Sendo eu todo bisgarolho das vistas, facilmente me enfio no armazém da quinquilharia a que chamam museu e sem maldade conto 22 taças onde só estiverem 18. Aliás, se baixarem a luminosidade, a coisa só lá vai pelo tacto e ainda este ano meto-nos a lutar pelo 42º no futebol e pelos 15 milhões no somatório de todas as modalidades."

in Mão de Vata

Sem comentários:

Publicar um comentário