domingo, 4 de abril de 2021

Campeão de Voleibol


O Benfica voltou a vencer a Fonte do Bastardo e conquistou o título de campeão nacional de voleibol da temporada 2020/21. Em vantagem na final por 2-0, as águias impuseram-se novamente na Praia da Vitória, na ilha Terceira, por 3-0, com os parciais de 27-25, 25-19 e 26-24. Desta forma, o Benfica chega aos nove campeonatos e iguala conquistas do FC Porto. SC Espinho (18) e A.E.I.S Técnico (13) lideram a tabela.

 

Este foi o sexto título ganho por Marcel Matz enquanto treinador do Benfica. O técnico brasileiro já conquistou dois campeonatos, uma Taça de Portugal e três Supertaças.


In jornal ABola

quarta-feira, 31 de março de 2021

Mais cinco taças no Museu Cosme Damião

Ontem foram colocadas mais cinco taças no Museu Cosme Damião. Daqui a pouco tempo tem de mudar de instalações!

No hóquei em patins masculino, Valter Neves encarregou-se da entrega da Taça 1947, conquistada na final contra o Sporting nas grandes penalidades.

No feminino, duas Taças de Portugal e duas Taças da Liga. A TP de basquetebol, conquistada ao Vitória de Guimarães (63-85), foi entregue pela jogadora Joana Soeiro. A TP de futsal, com vitória sobre o GD Chaves (5-0), exposta por Sara Ferreira. As 2 TL de futebol 11 foram colocadas pelas jogadoras Cloé Lacasse, Sílvia Rebelo e Pauleta.

As 2 TL de futebol 11 feminino são referentes às épocas 2019/2020 e 2020/2021e jogaram-se ambas em 2021, respetivamente em janeiro contra o Braga (3-0) e em março contra o Sporting (2-1). 


Valter Neves, Joana Soeiro e Sara Ferreira

Cloé Lacasse, Sílvia Rebelo e Pauleta







domingo, 21 de março de 2021

Vitórias saborosas e importantes (Futebol e Voleibol)

 Hoje disputava-se um encontro importante para a possibilidade de se poder disputar a próxima Liga dos Campeões, o Benfica entrava em campo no 4º lugar contra uma equipa que esta época tinha ganho os dois encontros que se haviam disputados.


Regresso a tática dos três centrais e o domínio do jogo teve sempre do lado do Benfica,  mais um jogo em que um lance de suposto penalti é verificado pelo VAR e revertido, fora de jogo por centímetros de Seferovic (24 jornadas - 0 penaltis, num clube grande deves ser um caso inédito) , passado pouco tempo expulsão do jogador Fransérgio, por acumulação de amarelos e ao acabar a primeira parte desmarcação de Rafa e golo inaugural.


A segunda parte acabou por ser mais do mesmo, com o Benfica a dominar, mas ainda a ter um susto ao ver um livre cobrado acertar na barra da baliza de Helton. Seferovic acabou por trazer descanso às hostes Benfiquistas ao aumentar a a vantagem .


Até ao final o Benfica foi gerindo a vantagem e desta forma sobe ao 3º lugar asegurando também a vantagem direta com os Arsenalistas,


Mas não esteve só em destaque a equipa principal da Luz, também a equipa B entrou em campo para defrontar a equipa do Leixões e depois de ter estado a perder conseguiu dar a volta e ganhar o desafio.


E como o Benfica não é só futebol destaque para o 3º encontro das meias finais do Campeonato de Voleibol, tendo-se superiorizado no derby, conseguindo desta forma o apuramento parea a afinal do campeonato. 


Após os triunfos nas duas partidas anteriores (3-2 e 3-0, respetivamente) a equipa entrou com vontade de resolver o encontro e carimbar a passagem para a final do Play-off , 25-15 foi o resultado no 1º parcial. De modo a não dar hipóteses de haver uma reação da outra parte a equipa manteve a sua toada e acabou por vencer o 2º parcial por 25-17.

Por último, no 3º set, era já esperada alguma reação da parte dos jogadores do Sporting e acabaram por conseguir que este set fosse mais equilibrado, mas a vontade dos nossos jogadores foi mais forte a abaram por se superiorizar por 25-20.


Passagem garantida à FINAL. 

quinta-feira, 18 de março de 2021

Beleza natural!

O Benfica venceu as lagartixas, por 2-1, e conquistou a Taça da Liga em futebol feminino, numa partida realizada na tarde desta quarta-feira no Estádio Dr. Magalhães Pessoa, em Leiria. As águias entraram a todo o gás na partida e, logo aos 4 minutos, inauguraram o marcador: Francisca Nazareth rematou para grande defesa de Inês Pereira e, na recarga, Cloé Lacasse faturou.

 


A festa encarnada subiu de tom pouco depois, quando Nycole Raysla, de penálti, aumentou para 2-0.

 

No entanto, ainda na primeira parte (35 minutos), Beatriz Cameirão foi expulsa, por acumulação de amarelos, e o Benfica ficou reduzido a dez elementos.

 

Fruto, também, da superioridade numérica, as osgas pressionaram até ao final, mas apenas conseguiu reduzir, aos 52 minutos.

 

Com este triunfo, o Benfica repete o feito alcançado de 2019/2020 – venceu o SC Braga, na final, por 3-0 - e leva a segunda Taça da Liga para o Museu Cosme Damião.


Não há coisa mais bonita do que isto. Ver o Benfica a erguer um troféu.

E parece que as miúdas estão a trilhar o caminho que os rapazes fizeram no início desta competição, em que também acumularam troféus no museu...esperemos é que, ao contrário dos rapazes...não se cansem de vencer!


O jogo de ontem teve ainda mais sabor dado que há poucos dias, para o campeonato tinham sofrido um desaire com as osgas, e mais ainda devido às baixas de peso que a equipa tem nesta fase, com jogadoras chave fora das opções (por exemplo: Ana Vitória, Pauleta, e Darlene que continua ainda à procura de ritmo após a longa paragem por lesão)...juntando a isso o facto de ter jogado em inferioridade numérica durante mais de 1 hora, muito tempo mesmo nesta final...que parecia que nunca mais acabava (com 5 minutos de descontos dados...a árbitra deixou jogar mais 12 minutos...foi mesmo a dar tudo a ver se pingava um golito do empate caído do "céu")!

Sofrido e merecido! A Taça é vossa!



É esta a verdadeira essência da natureza! A beleza natural! Ver o Benfica a ganhar!

terça-feira, 16 de março de 2021

Convocatória da Seleção. O que é mais grave?

 

Hoje o selecionador Fernando Santos fez a convocatória para os encontros com Azerbaijão (24 de março, em Turim), Sérvia (27, em Belgrado) e Luxemburgo (30, na cidade do Luxemburgo), da fase de qualificação para o Mundial de 2022.

Como é normal houve algumas alterações relativamente à última convocatória. Entraram Nuno Mendes (estreia), João Palhinha (estreia), Cédric Soares, Rafa e André Silva e sairam Nélson Semedo, Mário Rui, William Carvalho, Francisco Trincão e Paulinho.

O que é mais grave?

O Benfica ter apenas um jogador na seleção ou já nem ser notícia esse mesmo facto?

Claro que a formação do Benfica está bem representada com João Cancelo, Rúben Dias, Bernardo Silva, Renato Sanches e João Félix, mas, na minha opinião, a falta de representação da equipa principal na seleção é prova da diminuição da força do Benfica.


Convocatória:

Guarda-redes: Rui Patrício (Wolverhampton), Rui Silva (Granada) e Anthony Lopes (Lyon);

Defesas: Cédric Soares (Arsenal), João Cancelo (Manchester City), Domingos Duarte (Granada), José Fonte (Lille), Pepe (FC Porto), Rúben Dias (Manchester City), Nuno Mendes (Sporting) e Raphael Guerreiro (Borussia Dortmund);

Médios: Danilo (Paris Saint-Germain), Palhinha (Sporting), Rúben Neves (Wolverhampton), Bernardo Silva (Manchester City), Bruno Fernandes (Manchester United), João Moutinho (Wolverhampton), Renato Sanches (Lille) e Sérgio Oliveira (FC Porto);

Avançados: André Silva (Eintracht Frankfurt), Cristiano Ronaldo (Juventus), Diogo Jota (Liverpool), João Félix (Atlético Madrid), Pedro Neto (Wolverhampton) e Rafa (Benfica).

quarta-feira, 10 de março de 2021

Coincidência feliz. Será que a história se repete?


Depois da escolha do mesmo n.º4 que o antigo capitão, também repetiu a estreia a marcar. 

Lucas Veríssimo, reforço contratado pelo Benfica em janeiro, estreou-se a marcar no jogo com o Belenenses SAD, no Estádio Nacional, fazendo lembrar… Luisão.

A 14 de setembro de 2003, Luisão estreou-se também a marcar pelo Benfica, curiosamente no mesmo Estádio Nacional, na mesma baliza e também diante do mesmo adversário. Mais de 17 anos depois, a história repetiu-se», lembram os encarnados nas redes sociais.

in Jornal ABola


Ver vídeo aqui



terça-feira, 9 de março de 2021

Uma segunda exemplar

 Ontem foi um dia de sucesso para as nossas equipas, ao início da tarde a nossa equipa B recebeu a equipa do Arouca e derrotou-a por um resultado expressivo de 3-1. Ao início da noite foi a vez da equipa principal se deslocar ao estádio do Jamor defrontar a equipa da B-SAD e também se impor por 3-0.


Para assistir ao resumo da vitória da equipa B

https://www.slbenfica.pt/pt-pt/agora/noticias/2021/03/08/futebol-direto-benfica-b-arouca-jogo-23-jornada-ii-liga


Resumo da vitória equipa principal



Será um tempo de retoma? Será a bonança depois da tempestade? 


No próximo sábado ambas as equipas voltarão a entrar em campo , a equipa B irá deslocar-se a Viseu para defrontar o Académico local, enquanto a equipa principal irá receber na luz a equipa do Boavista, que na primeira volta aplicou uma pesada derrota.


Aguardemos que não tenha sido só fogo de vista e que seja para continuar...